Você está aqui: Página Inicial / notícias / Notícias do CRA-ACRE / Nota de Repúdio a Senadora Fátima Bezerra - PT/RN pelo Embargo a PLS 439/2015

Nota de Repúdio a Senadora Fátima Bezerra - PT/RN pelo Embargo a PLS 439/2015

por CRA publicado 30/07/2018 14h15, última modificação 13/08/2018 12h15

O Conselho Regional de Administração do Acre - CRA-AC, através de seu Presidente Adm. Fábio Mendes Macêdo, o qual subscreve os demais Conselheiros e toda classe profissional da administração do Estado do Acre, após aprovação da plenária, repudia, após tomar conhecimento público a ação de embargo impetrado pela Senadora Fátima Bezerra - PT/RN contrário ao Projeto de Lei que trâmita no Senado Federal brasileiro, onde tenta barrar as atualizações pretendidas da já existente lei federal 4.769/65 que normatiza o profissional da Administração no país.

Versando ainda a PLS 439/2015 a propositura visa esclarecer os campos privativos da administração, podendo a exemplo na lei atual com o texto - administração mercadológica - na nova lei, profissional do marketing, e assim por diante.

Tal ato segundo publicações jornalísticas citam ter acontecido, pois um pequeno grupo do Rio Grande do Norte, tenta em separado aprovar a profissão de Gestor Público, essa classe tem o apoio da senadora.

Observamos toda ação como um retrocesso as organizações, pois, mais um vez querem regular qualquer área de formação, a cuidar da administração, ou serão formados em Gestores Públicos graduados que tem amparo e guarda chuva legal no Sistema CFA/CRAs, mesmo hoje existindo os profissionais da Administração (Administradores e áreas conexas à administração), regulamentados pela lei federal nº 4.769/65, que estudaram essa ciência e sua forma de aplicabilidade científica para alcançar maiores resultados à sociedade.

Vivido hoje no Brasil uma grande crise nas instituições públicas que perpassam por qualquer profissional assumindo cargos privativos, e na maioria das vezes não trazendo o conhecimento, habilidades e atitudes necessárias ao bom desempenho destas instituições, a nova medida tomada pela senadora põem em dúvida se daqui para frente as novas ocupações sejam por meritocracia vagas x conhecimento pela formação, aumentando ainda mais o caos de gestão junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, nos postos de profissionais da administração, ocupados por outras formações desagregará um profissional qualificado de conhecimento técnico, remetendo a isto um breve questionamento: quando alguém encontra-se doente procura-se o médico, para uma ação judicial um advogado, porque somente a gestão costuma-se ser qualquer um, mesmo tendo-se Administradores e Tecnólogos nas áreas de gestão.

Os representantes dirigentes deste Conselho Regional de Administração do Acre se solidarizam em defesa dos profissionais da Administração e da sociedade, para que sejam resguardados de profissionais leigos, além de uma preocupação com um futuro próximo de possível desmonte das instituições ou conduções delas por qualquer formação, influenciadas por políticas descabidas, sobressaindo-se ao bem da coletividade do povo brasileiro.

Adm. Fábio Mendes Macêdo e Equipe
Presidência CRA-AC

registrado em:
Publicações

rbacover.jpg

boletim.jpg

Livro_Ramos.jpg

Pesquisa.jpg

Outras publicações [+]