Você está aqui: Página Inicial / notícias / Notícias do CRA-ACRE / CRA-AC PROTOCOLA NA JUSTIÇA FEDERAL RETIFICAÇÃO DO EDITAL CONTRA CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 1 – TRF1

CRA-AC PROTOCOLA NA JUSTIÇA FEDERAL RETIFICAÇÃO DO EDITAL CONTRA CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 1 – TRF1

por CRA publicado 10/11/2017 16h05, última modificação 12/12/2017 10h57
Prezados Profissionais da Administração, é ciente que está em andamento o VII Concurso público para provimento de cargos e formação de cadastro de reserva nos cargos de analista judiciário e técnico judiciário do quadro de pessoal da Justiça Federal de 1º e 2º graus

No dia 15 de setembro de 2017 fora encaminhado a assessoria Jurídica do CRA-AC o Ofício nº 562/2017/FISC/CRA-AC no qual refere-se a Ação Civil Pública – IMPUGNAÇÃO EDITAL Nº 1 – TRF 1ª REGIÃO, DE 5 DE SETEMBRO DE 2017 onde o Adv. Gelson Gonçalves Neto, protocolou na 1ª Vara Federal Cível e Criminal da SJAC a Ação Civil Pública solicitando a suspenção do referido Concurso em questão até julgamento de mérito.

A solicitação do CRA-AC fora que para o cargo de Analista Judiciário – Área: Administrativa seja ocupado único e exclusivamente por profissional Administrador legalmente habilitado e registrado no Conselho de Classe, assim como o cargo de Analista Judiciário – Área: Apoio Especializado – Especialidade: Informática (Registro no CRA), devendo-se assim alterar a descrição dos demais cargos conforme descrição abaixo:

 

CARGO 1: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: ADMINISTRATIVA

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Administração, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e registro no conselho de classe correspondente.

 

CARGO 2: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: JUDICIÁRIA

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC e registro na Ordem dos Advogados do Brasil.

 

CARGO 3: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: APOIO ESPECIALIZADO – ESPECIALIDADE: INFORMÁTICA

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Informática, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC e registro no conselho de classe correspondente, ou diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC, acrescido de curso de especialização na área de Análise de Sistemas, com carga horária mínima de 360 horas.

CARGO 5: ANALISTA JUDICIÁRIO – ÁREA: JUDICIÁRIA – ESPECIALIDADE: OFICIAL DE JUSTIÇA AVALIADOR FEDERAL

REQUISITO: diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC e registro na Ordem dos Advogados do Brasil.

 

No mais, agradecemos a atenção e a confiança de todos quanto as ações da fiscalização desta Autarquia Federal.

 

 

Adm. Rafael Víctor Blein Jubé

Administrador Fiscal

CRA-AC nº 0974

 

 

 

Processo: 1000851-82.2017.4.01.3000

registrado em:
Publicações

 

 

Outras publicações [+]